quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Casaco Bebe - Tricot



CASACO 4

Tamanho: 0-1 mês
Material: 100 grs de lã Rosários 4 - Carícia cor 20, agulhas circulares nº3.

Encontrei o esquema deste casaco em http://modabebe.blogspot.com/2009/03/casaquinho-pastel-e-sapatinho-trico.html.
Decidi usar agulhas nº 3 para fazer um casaquinho mais pequenino. Se usar agulhas nº 4 o casaquinho fica com tamanho de 3 meses, como já me aconteceu.

Faço por encomenda - 12.5 agulhas



terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Flor - Crochet


1ª carreira: Fazer 6 correntes e fechar o círculo. Pétala: fazer 3 correntes, 3 pontos altos duplos, 3 correntes e prender com um ponto baixo ao círculo. Repetir por 4 vezes.

2ª carreira: Fazer 4 correntes pela parte de trás da flor e prender no ponto baixo existente entre as pétalas. Repetir por 4 vezes.

3ª carreira: Fazer 1 ponto baixo, 3 correntes, 7 pontos altos duplos, 3 correntes e 1 ponto baixo em cada alça de 4 correntes. Repetir por 4 vezes.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Pensamento

Lençois de banho





Desta vez, ao contrário do que fiz com a Ana Helena (só bordei a ponto cruz), decidi fazer os lençois de banho desde o inicio.
Foi uma experiência bastante interessante e que ficou bem barata. A minha mãe ofereceu-me o turco. Aproveitei os restos dos tecidos dos lençois de cama que já havia feito para ele e o tecido de ponto cruz. Na realidade, a única coisa que comprei foi o tecido para debroar os 4 lençois de banho. Gastei à volta de 5 euros. Viva a poupança!

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Casaco Bebe - Tricot




CASACO 1

Este foi um dos primeiros casaquinhos que tricotei durante a primeira semana em que estive em casa de baixa. Fiz a "olhometro"...

Tamanho: 1 mês
Material: 100 grs de lã Rosários 4 - Carícia cor 35, agulhas circulares nª 4, +- 90 cms de galão.
Ponto utilizado: o corpo do casaco é feito com ponto de arroz duplo.

Faço por encomenda - 10 agulhas




CASACO 2

Mais um casaquinho para o meu bebé...

Quando o fiz ainda não sabia se era um menino ou uma menina por isso não o acabei. Na eco morfológica confirmou-se o desejo da minha filhota e do meu marido... um menino! Foi nesse mesmo dia comprar uma fitinha de cetim e botões para aplicar e dar por terminado o casaco.

Embora não dê pra ver bem a cor, eu gostei muito do resultado final. A cor não tem nada a ver com o que estamos habituados a ver em bebé mas, em caso de menino, eu gosto mais de os ver com cores fortes.

Tamanho: 0-1 mês
Material: 100 grs de lã Rosários 4 - Carícia cor 04 , agulhas circulares nª 4, 2 botões e +- 50 cms de cetim.
Ponto utilizado: o corpo do casaco é feito com ponto musgo e a base em ponto inglês.

Faço por encomenda - 10 agulhas





CASACO 3

Material: 2 novelos de lã Rosários 4 - Carícia - cor 15, agulhas circulares nº 4
Tamanho: 6 meses (??)
Ponto utilizado: Ponto Musgo

Iniciei o trabalho pela base das costas com 50 malhas (+ - 24 cms) e tricotei 60 carreiras, aproximadamente 13,5 cms. Depois, coloquei mais 34 malhas (+ - 16 cms) de cada lado das costas, para as mangas; tricotando a manga direita, costas e manga esquerda como um só, durante 40 carreiras, até o trabalho ter aproximadamente 23 cms de comprimento. As 40 carreiras são 1/2 das mangas. Na carreira 41, contando a partir da base das mangas rematei as 28 malhas centrais, ficando 45 malhas de cada lado do casaco. A partir daqui trabalhei cada lado separadamente.

Lado Esquerdo: Fiz a carreira 42 e 43 sem aumentos, começando a aumentar uma malha a cada duas carreiras do lado do decote na carreira 44. Mantive este aumento até ter mais 40 carreiras (1/2 da manga), por fim rematei as 34 malhas da manga. Continuei o trabalho com as 30 malhas restantes durante 60 carreiras (frente do casaco) e rematei.

Lado Direito: igual

Faço por encomenda - 10 agulhas

Cachecol Bebe - tricot


Mais uma amostra de um cachecol. ..
Este fiz para a minha priminha Maria, enquanto passeava pela zona da Serra da Estrela.
É a coisa mais simples de fazer: ponto musgo, 20 malhas de fio duplo em agulhas circulares nº 6 e tricotar até ter o tamanho desejado. Por fim, fazer umas aplicações com os restinhos de lã que ainda andam "perdidos" pela caixinha das lãs!

Faço por encomenda - 7.5 agulhas

Cachecol - tricot



CACHECOL TRICOT 3

Há pessoas especiais na nossa vida, que nos tocam pelo bem que nos fazem... ou que fazem aos que amamos.

A Educadora de Infância e as duas auxiliares da sala da minha filha são 3 dessas pessoas. Considero-as uma mais valia, uma bênção na vida da minha filha e só tenho coisas boas a dizer delas. Uma das formas de lhes demonstrar o quanto aprecio o maravilhoso trabalho que fazem, a paciência e atenção que têm é poder oferecer-lhes um cachecol no próximo natal.

"Sentir gratidão e não demonstrar é como embrulhar um presente e não entregar"
Usei 2 novelos de lã Rosários 4 Spot, 20 malhas em agulhas circulares nº 6 e, o meu adorado ponto inglês que fica bem em qualquer trabalho.

Faço por encomenda - 12.5 agulhas


 

Depois de fazer um pullover para a minha filha ainda me sobrou alguma (muita!) lã...
Decidi fazer um cachecol... como sempre. Pelo menos assim tricoto tricoto até acabar a lã... :)
Como não podia deixar de ser usei o meu amado Ponto Inglês, com 20 malhas em agulhas circulares nº 7. No inicio e no fim fiz 8 carreirras de Ponto Musgo para dar um pouco mais de firmeza às pontas do cachecol, e, para finalizar apliquei uma fitinha de cetim à cor da lã (infelizmente não dá pra ver muito bem o resultado final, mas acho que não ficou assim tão mal... simplesmente diferente!)



Este cachecol já está feito à tanto tempo que já nem me lembro qual a linha, agulhas e ponto utilizado. Só sei que ficou muito fofinho e quentinho!



O cachecol azul fiz com a lã que me sobrou de um poncho que fiz em 2008 para a minha cunhada Susy (agora mais conhecida por Tia Zi, graças à minha filha).

Não sei como se chama o ponto utilizado. Só sei que iniciei o trabalho com 26 malhas em agulhas circulares nº 6 e fiz assim: 1 malha tricot, 1 laçada, 2 malhas juntas em tricot, 1 laçada e assim sucessivamente até acabar as malhas com 1 malha tricot. Nas carreiras seguintes fiz igual.

Quanto a mim, acho que fica um trabalho bonito, especialmente para um cachecol de verão como este que ainda não acabei:

CACHECOL TRICOT 4

Também faço por encomenda.



Mais um cachecol... e como sempre em Ponto Inglês!
Este ainda não foi entregue à dona... :(
Gosto muito de trabalhar esta lã: Rosarios 4, embora seja um pouco cara mas o resultado final dos trabalhos é sempre bom.


CACHECOL TRICOT 5

Também faço por encomenda.

Pelerine - tricot


PELERINE TRICOT 1

A vida tem destas coisas...

Esta semana (14/11/2010) vejo-me obrigada a ficar em casa de baixa... assim aproveito para actualizar o meu blog que de tão parado que tem estado já ganhou teias de aranha!!!

Durante os primeiros meses deste ano "ocupei-me" a terminar a Licenciatura :( A meu ver, tempo perdido. Tempo perdido porque, embora me sinta muito realizada na profissão que exerço, a minha carreira não é o que tenho de mais importante na vida. A minha familia mais próxima (marido, filha e o bebé que carrego no ventre) é o que de mais precioso eu tenho nesta vida.

Mas, colocando de parte o tempo perdido com a Licenciatura, que foi um osso muito duro de roer, a minha vida continua repleta de bençãos: mudei de local de trabalho tendo agora a oportunidade de trabalhar a cerca de3 kms de casa numa IPSS - Instituição Particular de Solidariedade Social, e, com esta mudança, decidimos continuar a aumentar a nossa familia... a Ana Helena já tem 3 anos, precisa de companhia e ela mesma o sente porque já nos andava a pedir um mano à algum tempo... o unico senão é que ela teima em ter um mano e não uma mana, pois diz-me que o papá é um menino, a mamã é uma menina, ela é a mana mas falta um mano. Bem, tento explicar-lhe que não somos nós que decidimos e que posso ter uma mana na barriga mas ela, que de burra não tem nada, diz-me logo: "mamã, primeiro um mano e depois uma mana", ao que lhe respondo com um sorriso nos lábios: "espera sentada, querida"!


Este bebé está a começar a "dar trabalho" mais cedo do que a Ana Helena... na semana passada, com 19 semanas de gestação, comecei a ter contrações. Conclusão: mais uma ida as urgencias mas desta vez com direito a 3 dias de internamento e 3 acessos venosos puncionados todos eles com direito a seromas! Estas minhas veias são do piorio, não aguentam nada...

Bem, estes dias em casa já deram para acabar esta pelerine que eu tinha começado. Fi-la com 60 malhas em agulhas circulares nº 6, ponto musgo, fio duplo castanho e cor de laranja.

Faço por encomenda - 15 agulhas



PELERINE TRICOT 2

Um fim-de-semana destes apeteceu-me ir à net à procura de algo novo para tentar fazer. Encontrei este modelo mini de pelerine que me agradou, porque aparentemente faz-se depressa e não tem nada que saber. Infelizmente a escolha da lã não foi a melhor mas era o que tinha cá em casa... pra fazer um cachecol para o marido!

Usei agulhas circulares nº 5, 50 malhas, ponto musgo e 200 gramas de lã Winter Print.

Faço por encomenda - 15 agulhas

Capinhas

Botinhas


Esta é a primeira botinha que faço em tricot!
A minha amiga C pediu-me para fazer um conjuntinho de casaco e par de botinhas para o/a sobrinho/a que vai nascer no verão, por isso fui à loja onde habitualmente compro material comprar as agulhas de tricot necessárias para fazer este trabalho: nº 2,5.
Quando vi a grossura das agulhas ia-me dando um "treco" e pensei logo em que é que me tinha metido, com medo de não ser capaz de cumprir o prometido, porque as agulhas são demasiadamente finas... parece até que as vou entortar ao fazer o trabalho... enfim, medos de principiante!
Mas, como a curiosidade é maior do que o medo ontem a noite meti mãos ao trabalho e comecei a primeira bota. Estava com tanto sono que não a consegui acabar... hoje, ao serão lá a acabei e, na verdade, achei que não foi assim tão difícil.
Só me incomoda ainda um pouco o tamanho do trabalho porque estou habituada a trabalhar com agulhas nº 6, 7 e 8. Por acaso o ultimo trabalho que andei a fazer mas ainda não terminei foi um vestido para a a minha filha com agulhas nº 7. Que grande diferença! Se nas botas acho que tenho as mãos muito grandes para a delicadeza do trabalho por outro lado para o vestido da minha filha parece que as minhas mãos são minusculas e insuficientes para abranger o trabalho!! Enfim, desabafos.

Aqui vai a receita:
Material: 25 gramas de lã, um par de agulhas de tricot nº 2,5, 4 botões
Tamanho: unico
Ponto utilizado: Musgo
Casa dos botões: para cada casa remate uma malha e volte a montá-la na carreira seguinte

Para a 1ª parte do cano monte 17 malhas e faça 22 carreiras de altura.Deixe as malhas paradas.
Para a 2ª parte do cano monte 36 malhas e faça 22 carreiras de altura. No entanto, na 5ª e na 17ª carreira faça uma casa para o botão, 4 malhas após a extremidade do trabalho.Após as 22 carreiras de altura remate 8 malhas sobre o lado esquerdo do trabalho, continue a tecer as seguintes 11 malhas para o peito do pé e deixe paradas as outras 17 malhas (8+11+17=36 malhas). A 44 carreiras de altura deixe paradas as 11 malhas do peito do pé.
Pegue agora nas 17 malhas paradas do lado direito, levante do lado direito do peito do pé 11 malhas, pegue nas 11 malhas do peito do pé que estavam paradas, levante mais 11 malhas do lado esquerdo do peito do pé e pegue nas 17 malhas da 1ª parte do cano (tendo atenção para ambas as partes ficarem para o avesso ou para o direito), tendo um total de 67 malhas (17+11+11+11+17=67 malhas). Teça estas malhas ao longo de 12 carreiras - pé.
A seguir deixe paradas de cada lado 28 malhas e continue a trabalhar as 11 malhas centrais para fazer a sola. Para tal, no lado de fora no fim de cada carreira faça a 11ª malha da sola com a malha parada a seguir juntas (como se estivesse a rematar) e, no lado de dentro no fim de cada carreira passe a 11ª malha da sola para a agulha da direita sem tecer, teça a 1ª malha parada e depois passe a malha sem tecer por cima.
Continue desta forma até só ter 6 malhas paradas de cada lado. Remate todas as malhas. FFeche as costuras do calcanhar e do cano. Pregue os dois botôes. Faça a segunda bota tendo o cuidado de rematar as 8 malhas desta vez do lado direito.

Faço por encomenda - 7.5 agulhas


Para onde vão as águias?

Pensamentos

Recebi uma caixinha de bombons da minha amiga D...
Gostei de tudo: da caixa, dos bombons (de capuccino) e do pensamento que os acompanhava. Este pensamento reflete aquilo que eu sinto e que é o lema da minha vida.

" O segredo da felicidade é encontrar a nossa alegria na alegria dos outros"
- Alexandre Herculano

Para o Pedrinho....

No fim de semana da passagem de ano soube que a minha prima Teresa vai dar-nos mais um priminho! :)
Comecei logo a magicar no que poderia fazer para lhe oferecer. Lembrei-me de uma revista que tinha comprado para ver um vestidinho para a minha filha onde tinha visto uma camisolinha engraçada.
O Pedro vem juntar-se aos 3 ultimos priminhos a nascer em Abril (Ana Helena-minha filha), Maio (Leonor) e Junho (Tomás) de 2007. Á muito que não tinhamos bebés na familia e de repente foram logo 3! Foi uma festa.
Agora é a vez do Pedrinho se juntar à nossa familia, especialmente à sua mamã, ao papá e à mana Maria Francisca. Bem vindo priminho!

Esta camisolinha está diferente do esquema porque não lhe fiz as mangas e usei só uma cor (era a unica que tinha cá em casa no fim-de-semana).

ESQUEMA

Tamanho: 3 meses
Material utilizado: agulhas circulares nº5, uma agulha de lã sem ponta, um botão e elástico preto fino para costurar.
No esquema é utilizado 50 gr de lã verde, 50 gr de lá amarela e 100 gr de lã azul. Eu usei fio duplo de uma lã verde que tinha cá de em casa.
Pontos utilizados:ponto de musgo, ponto de arroz duplo e ponto de fantasia.

Ponto de Musgo - tambem chamado de "ponto tonto". Tecer todas as malhas sempre do direito ou sempre do avesso em todas as carreiras. Pessoalmente prefiro tecer todas as malhas do avesso.

Ponto de arroz duplo - tecer na 1ª e 2ª carreira duas malhas do avesso, duas do direito, duas do avesso, duas do direito e assim sucessivamente. Nas 3ª e 4ª carreira tecer duas malhas de cada, contrárias à da 2ª carreira. Repetir o esquema das 4 primeiras carreiras durante todo o trabalho.

Ponto de fantasia - 1ª e 3ª carreiras: 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso. Total: 30 malhas.
2ª e 4ª carreiras: 1 malha do avesso e 5 malhas do direito, repetir mais 4 vezes.
5ª e 7ª carreiras: 3 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 5 malhas do avesso, 1 malha passada sem tecer e uma laçada, 2 malhas do avesso.
6ª e 8ª carreiras: 3 malhas do direito, 1 malha do avesso, 5 malhas do direito, 1 malha do avesso, 5 malhas do direito, 1 malha do avesso, 5 malhas do direito, 1 malha do avesso, 5 malhas do direito, 1 malha do avesso, 2 malhas do direito.
Repetir este esquema até obter o comprimento total desejado.

Cós Elástico: Montar 26 malhas nas agulhas nº 5 com uma cor preferencialmente bem diferente da lã com que executamos o trabalho. Tecer a 1º carreira do direito já com a lã definitiva, 2ª carreira do avesso, 3ª, 5ª e 7ª carreira do direito, 4º e 6ª carreira do avesso.
Na 8ª carreira tecer a 1ª malha do avesso. Com a agulha da direita vem-se buscar a lã da cor definitiva ao fundo do trabalho - na 1ª carreira - e coloca-se na agulha da esquerda, tece-se este ponto do direito. Tecer a 2ª malha pelo avesso, vem-se buscar a malha da lã definitiva seguinte da 1ª carreira. E assim sucessivamente até terminar a carreira, obtendo-se o dobro das malhas iniciais mais uma.
Itálico
Costas: Tecer 8 carreiras de cós elástico com 26 malhas iniciais. Continuar a tecer em ponto de musgo até o trabalho ter 22.5 cm. Fechar as 11 malhas centrais para o decote e terminar os lados separadamente, fechando pelo interior do decote, após a 2ª carreira: 2 vezes 3 malhas. A 24 cm do comprimento total fechar todas as malhas.

Frente: Tecer 8 carreiras de cós elástico com 26 malhas iniciais. Continuar a tecer em ponto de musgo até obter 28 carreiras no total do trabalho. Em seguida tecer 31 malhas em ponto de fantasia e as restantes 22 malhas em ponto de arroz duplo até ter 56 carreiras.A partir daqui e até o trabalho ter 20.5 cm de comprimento tecer tudo em ponto de arroz duplo. Fechar as 11 malhas centrais para o decote e trabalhar os lados separadamente fechando pelo interior do decoteapós a 2º carreira: 1 vez 3 malhas, 1 vez 2 malhas e 1 vez 1 malha. A 24 cm de comprimento total fechar todas as malhas.

Decote: Montar 40 malhas. Tecer 8 carreiras de cós elastico, continuar a tecer
em canelado 1/1 até obter 2 cm de comprimento total.

Montagem: Unir os lados até 13.5 cm de comprimento.

Ganchinhos

Assim que soube que estava grávida pedi sempre a Deus que se possivel Ele me desse uma filha a quem eu pudesse colocar ganchinhos, elásticos, fitinhas, vestidinhos e afins. Graças à Sua vondade a minha filha nasceu e ao longo dos mais 2 anos e meio de vida da Ana Helena tenho feito alguns ganchinhos, tótós, cachecóis e outras coisinhas para ela. Felizmente ela gosta tantos destes apetrechos quanto eu!

Compro os ganchos e elásticos e enfeito-os com feltros, botões, crochet e outros. Estes são alguns dos que fiz.
Adoro fazer os acessórios com as cores de cada muda de roupa. Ela fica uma gracinha!

Também faço por encomenda.


Saco

Esta noite dediquei-me a enfeitar uns saquinhos para as prendas. Infelizmente o primeiro foi para... o lixo! Este já saiu melhorzinho e tenho esperança de os próximos ficarem ainda melhor. :)

Comprei sacos de várias cores num grande superfície, aproveitei uns restinhos de fita de cetim e de organza que tinha cá por casa, e, recortei imagens de papel de embrulho.

No final o saquinho fica bem barato só dá um bocadinho de trabalho a fazer, mas, quem corre por gosto não cansa, não é?


Eu recebi...

Este lindo avental (sempre útil) foi-me oferecido por uma senhora minha conhecida. O seu médico de familia "receitou-lhe" esta terapia (trabalhos manuais) para aliviar o stress. Como ele tem razão! :)



Adorei a ideia!
Pelos vistos é super simples de fazer - diz a minha madrinha, que o fez e me ofereceu -. É só dobrar, costurar, fazer um picô em crochet e colocar um atilho a fechar o saco...
...outro lindo trabalho executado pelas mãos da minha tia e madrinha. Obrigada!




Mais uma bela e sempre util oferta neste natal. A senhora que me confeccionou estas toalhas de mão tem por hábito oferecer-me todos os anos algo que ela faz com as suas belas mãos.
Muito obrigada

Casaco Bebe - Crochet


Estes casaquinhos de bebe são super fáceis de fazer e ficam uma ternura. Tanto num como no outro usei sobras de lãs de uma capinha que fiz para a minha filhota.
A finalização pode ser feita a nosso gosto: com gola, sem gola, debruado com ponto baixissimo, debruado com ponto baixo, etc. Fica à nossa imaginação...

Faço por encomenda - 10 agulhas

Arranjos Florais


Além do crochet e do tricot gosto de fazer outras coisas. Este ano decidi tentar fazer um arranjo de natal personalizado.
Um dia destes foi ás compras a uma grande superficie com a minha amiga Claúdia.Comprei duas hastes de flores, uma caixa de bolas de natal vermelhas pequenas. 2 corações prateados,2 corações dourados , e, usando uma jarra que já tinha cá em casa meti as mãos na massa, como se costuma dizer.
Este foi o resultado final, a um preço espectacular... menos de 5 euros!

Postais

Também gosto de fazer postais personalizados. Comprei um livro no Circulo de Leitores com vários exemplos de postais. Daqueles que experimentei fazer, este é um dos que mais gosto. Prometo que assim que puder publico os moldes.

Cobre Ombros - tricot


COBRE OMBROS 1

Decidi melhorar o Cobre Ombros... fiz esta pequena flor em croché com agulha nº 5. Acho que fica uma graça.
Espero que a futura dona dele pense o mesmo...

Faço por encomenda - 15 agulhas

Miminhos

Chegou o tempo frio e com ele o natal. Tempo de nos recordarmos da familia, especialmente daquela que por diversos motivos se encontra mais distante, o que nos leva a não mantermos um contacto mais intimo.

Este ano decidi fazer alguns presentinhos em tricot depois de ter aprendido a fazer o Ponto Inglês. Gostei imenso do resultado final, porque, do meu ponto de vista os artigos ficam muito fofos, com elasticidade e aconchegantes.

Assim, já terminei alguns trabalhos, embora ainda tenha outros para fazer e o tempo a esgotar-se... comecei tarde demais, só pode ser.

Mostro-vos um pouco do que já fiz. Só tenho pena de que as fotos não estejam muito boas porque foram tiradas á noite.




COBRE OMBROS 1
Este Cobre Ombros fiz com 300 gramas de lã Neptuno e com agulhas circulares nº 7, comecei com 34 malhas. Ainda não está terminada, falta fazer uma flor para a dona dela a apertar onde mais lhe interessar...

 
Faço por encomenda - 15 agulhas

CACHECOL TRICOT 1

Este cachecol foi feito com agulhas circulares nº6, com 200 gramas de lã Neptuno. Iniciei com 16 malhas.

Faço por encomenda - 15 agulhas



CACHECOL TRICOT 2

Este cachecol foi feito com 250 gramas de lã Rosarios4, Primus, cor 7 . Usei agulhas circulares nº8.

Faço por encomenda - 15 agulhas